Clube do Comércio como local de encontro de todos e promoção das amizades

“A nova Gestão propõe dar continuidade à forma de gerir o Clube com amor e responsabilidade” – Francisco Dall’Agnol, 1º secretário

 

Uma vez por mês trazemos um membro da nova diretoria para falar ao associado sobre questões que envolvem o Clube do Comércio e também para contar um pouco de sua vida pessoal e profissional. Neste mês conversamos com Francisco Dall’Agnol, 1ª secretário da atual gestão.

Francisco tem 43 anos, é advogado e possui escritório há 20 anos em Porto Alegre. Além disso, possui também uma empresa na área de tecnologia da informação. É nascido e criado na capital, onde se desenvolveu como pessoa e profissional. Hoje, seu maior prazer é estar com a família. “Tenho comigo o sentimento de pertencimento ao lugar que vivo e à sociedade onde estamos inseridos. As horas vagas ainda são menos frequentes, mas desde que descobri que faço o melhor churrasco do Brasil, tenho aproveitado para ficar curtindo com a família em casa”, brinca.

É também com a família que Francisco aproveita os momentos de lazer no Clube do Comércio. Enquanto no verão as visitas são mais frequentes nos finais de semana, durante o restante do ano alternam em períodos para as crianças nadarem e os adultos aproveitarem um pouco de sol. “O Clube do Comércio é, acima de tudo, um lugar de acolhimento onde conheci gente querida, engraçada e de bem com a vida”.

A relação de carinho com o Clube começou quando foi morar no bairro Menino Deus e passou a frequentar a Sede Esportiva para ir à academia e natação. Logo foi convidado pelo amigo pessoal José Antônio Cunha, à época presidente, para se associar. Desde então, a família aumentou e tornou-se frequentadora assídua.

 

Leia também:

– Queremos um Clube do Comércio de volta às suas origens

– Os planos da nova gestão para o Clube do Comércio

– Claudio Gomes: diretor da Sede Esportiva do Clube do Clube do Comércio

 

Experiência e propostas para o Clube do Comércio

É correto afirmar que Francisco tem vivência e conhece a engrenagem que move os bastidores do Clube do Comércio. Experiente, fez parte de três gestões passadas. Atuou como diretor jurídico nas presidências de José Antônio Cunha, Ismar Nasi e Alfredo Escobar. Como 1º secretário, já havia atuado na gestão de Ismar Nasi e hoje exerce o mesmo cargo na gestão de Josué Vieira de Amorim.

Sobre a linha de pensamento que a nova gestão vem adotando, Francisco se mostra alinhado com os diretores e presidente. “Propomos dar continuidade à forma de gerir o Clube com amor e responsabilidade. Penso que todos que compõe a Diretoria estão imbuídos desse nobre propósito”. Para ele, considerando o cenário atual, coube a atual gestão tratar mais firmemente das contas do Clube e também promover o aprimoramento das capacidades dos colaboradores. “A transferência da Secretaria para a Sede Esportiva e a colocação de um novo sistema de acesso são algumas medidas já efetivadas e que vão nesse sentido. Outras propostas serão apresentadas à medida que avancem os trabalhos”.

Para Francisco, é importante sempre compreender a grandeza do Clube do Comércio. “Acho que essa diretoria sabe que diante dos desafios que se impõem em uma sociedade em transição, cabe a nós mantermos o Clube como local de encontro de todos, de alegria, de promoção da saúde e das amizades”, finaliza.

Write a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *